Planeamento

Plano de Intervenções nos Subsistemas de Abastecimento de Água da AdSA

A Águas de Santo André, S.A. está a desenvolver em estreita colaboração com a Direção de Engenharia da AdP Serviços, S.A. o “PLANO DE INTERVENÇÕES NOS SUBSISTEMAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA DE SANTO ANDRÉ” que tem como objetivo a definição estratégica das intervenções a executar nos sistemas de abastecimento de água a curto e médio prazos.

Esta definição é fundamental para que a empresa possa dispor de orientações e objetivos claros, bem como de estratégias de hierarquização de investimentos ao nível da operação e manutenção, que confiram equilíbrio e sustentabilidade à atividade da empresa e à sua relação com os diferentes stakeholders, em linha com as suas Missão, Visão e Orientações Estratégicas Específicas.

A tipologia de serviços e clientes, em "alta" e "baixa", servidos pelos sistemas de abastecimento de água, com água potável (AP) e industrial (AI), apresentam natural complexidade e necessidade de organização evidenciada pelo historial de gestão do sistema. As infraestruturas que integram os sistemas de abastecimento de água apresentam, na sua maioria, o desgaste resultante de mais de 30 anos de utilização, com sistemáticas necessidades de manutenção corretiva, com reabilitações de órgãos e substituições de equipamentos.

Acresce a esta situação o significativo aumento do caudal de água industrial a fornecer nos últimos 2 anos, resultante da ampliação da unidade industrial da PETROGAL e da entrada em funcionamento da ARTLANT, e a prevista necessidade de fornecimento de água potável à Aguas Públicas do Alentejo no futuro próximo.

A conjugação destes fatores resulta numa necessidade crescente de intervenções em todos os sistemas de abastecimento de água, oportunamente identificadas pela AdSA e já desenvolvidas em vários outros estudos e projetos, que interessa priorizar no sentido de continuar a assegurar a qualidade de serviço prestado aos utilizadores.

Este Plano inclui três fases:

  • Diagnóstico da situação de referência;
  • Objetivos, medidas e intervenções; e,
  • Plano de ação.

Longe de se entender como definitivo, este Plano pretende ser sobretudo um instrumento para identificar um conjunto situações que a AdSA deverá analisar e desenvolver em documentos suscetíveis de nortearem a sua orientação futura.