Notícias

A AdSA assinou, no dia 17 de julho, o contrato referente à empreitada de Reparação do Emissário Submarino da ETAR de Ribeira dos Moinhos

O Emissário Submarino da ETAR de Ribeira dos Moinhos, em funcionamento desde 1976, representa um complemento do tratamento efetuado na ETAR, assegurando uma diluição da água residual tratada e uma elevada dispersão da mesma no mar.

 

O emissário tem uma extensão de 2 480 m de comprimento, terminando com um difusor de 240 metros de extensão e à profundidade de 40 m. No seu troço inicial, ainda em terra, o emissário apresenta necessidades de intervenção, pelo que foi desenvolvido um projeto para o efeito.

 

A empreitada agora contratada contempla a substituição integral do referido troço inicial do emissário, a partir da câmara de manobras, numa extensão de 120 m, por nova tubagem em PEAD DN 900.

 

O projeto foi elaborado tendo como objetivo melhorar as condições de funcionamento do sistema, mas, paralelamente, foi tomada em consideração a salvaguarda dos aspetos ambientais, de forma a minimizar o impacto da execução da obra.

 

Também os aspetos de segurança foram uma preocupação fundamental da AdSA, sendo garantido que, em todas as fases da obra, existirão circuitos diferenciados entre zonas de obra e zonas de utilização pública, através da delimitação e sinalização das zonas de exclusão.

 

Na zona de praia, será efetuado o balizamento das zonas de trabalho correspondendo a uma faixa de segurança, de ambos os lados, com cerca de 20 m de largura.

 

Dadas as características específicas desta empreitada, nomeadamente, ser realizada em plena praia, e abrangendo parte da época balnear, foi constituída uma comissão de acompanhamento em que participam todas as entidades oficiais pertinentes e demais partes interessadas.

 

De forma a selecionar uma empresa especializada neste tipo de obras, foi realizado um Concurso Limitado por Prévia Qualificação, tendo a empreitada sido adjudicada à empresa Sociedade de Empreitadas e Trabalhos Hidráulicos, S.A. (SETH), pelo valor de € 359.840,06.

 

Os trabalhos iniciam-se em agosto de 2015 com uma duração de 150 dias.