Planeamento

A AdSA encontra-se a desenvolver o seu Plano de Segurança da Água (PSA)

O sector de abastecimento de água tem hoje um conjunto de desafios relacionados com a qualidade e continuidade da água fornecida, em que a gestão do risco se tornou numa equação composta por inúmeras variáveis e com diferentes ponderações em função da situação geográfica, da maturidade dos sistemas, da formação dos técnicos, da situação política, dos utilizadores finais, dos requisitos de qualidade e quantidade, entre outros.

Os Planos de Segurança da Água (PSA) tornaram-se ferramentas emergentes para a gestão do risco e indispensáveis para as entidades gestoras de sistemas de abastecimento de água, com o objetivo de assegurar, de forma consistente e contínua, um abastecimento seguro da água para consumo humano e de contribuir para ganhos de eficiência no desempenho das entidades gestoras.

Uma das grandes vantagens da abordagem dos PSA é a de ser aplicável a todos os tipos e dimensões de sistemas de abastecimento de água, independentemente de serem simples ou complexos, de terem origens superficiais e/ou subterrâneas, de serem sistemas em alta ou em baixa, entre outras.

Os PSA constituem uma análise sistemática dos perigos para a saúde pública e para a continuidade do serviço existentes num determinado sistema de abastecimento e os processos de gestão necessários ao seu efetivo controlo, fazendo a mudança de abordagem de um processo de monitorização de conformidade de “fim-de-linha” para um processo de gestão da segurança.

No âmbito do Plano de Intervenção nos Subsistemas de Abastecimento de Água a Administração da Águas de Santo André, S.A. (AdSA) reforçou a importância da entidade gestora desenvolver e implementar em paralelo a este Plano um Plano de Segurança da Água, que permitisse direcionar a sua estratégia e recursos para os pontos críticos do sistema, mantendo assim uma abordagem de melhoria contínua e de investimento a curto, médio e longo prazo que permitam o equilíbrio e a sustentabilidade da atividade desta entidade gestora.

Nesse sentido, a AdSA encontra-se, em colaboração com a Direção de Engenharia da AdP Serviços, a desenvolver e a implementar o PSA nos seus subsistemas de abastecimento água, beneficiando da experiência e know-how adquirido por esta Direção ao longo da implementação de PSA em várias empresas do Grupo AdP.

Dada à especificidade destes subsistemas, a abordagem adotada para o desenvolvimento e implementação do PSA é relativamente distinta daquela que tem sido adotada na maioria das empresas do Grupo AdP. Contudo, a abordagem segue igualmente as orientações presentes no Manual desenvolvido pela AdP para a elaboração e implementação de PSA.

O sistema de abastecimento de água da AdSA integra o subsistema de abastecimento de água em alta, o subsistema de abastecimento de água em baixa e o subsistema de abastecimento de água industrial. Ou seja, contempla um conjunto de requisitos distintos em função do seu fim e, nesse sentido, o PSA tem de ser desenhado para acompanhar todos esses requisitos, quer sejam de quantidade quer sejam de qualidade.

Para mais informações contactar a AdSA através do endereço geral@adsa.pt.